03
Fev 14

Olá. Se procura mais informações sobre mim ou sobre as minhas terapias, convido-o(a) a visitar o meu novo site www.luispereiraterapias.com. Obrigado.

 

publicado por Luis Pereira às 15:37

11
Ago 12

 

anorexia

 

Em baixo, vou descrever-lhe os bloqueios mentais e emocionais associados ao quadro de Anorexia (que consta do livro - O Teu Corpo diz ama-te: a metafísica das doenças e do mal-estar", de Lise Bourbeau, editora Pergaminho).


ANOREXIA


A anoréctica, ao rejeitar a comida que é o símbolo da nutrição(princípio feminino),revela problemas de falta de nutrição emocional com a sua mãe.

 Rejeita o seu lado feminino, a sua sensibilidade, pelo que poderá lidar mal com o seu crescimento, e com as alterações do seu corpo.

A adolescente anoréctica tem necessidade de reaprender a viver e atribuir-se o direito de ser mulher, sensível e emotiva.

Quem sofre de anorexia, deve em primeiro lugar, mudar a percepção que tem da sua mãe.



Importa pois procurar aproximar-se mais da sua mãe e tentar que ela dialogue mais consigo sobre aquilo que a incomoda e que não seja tão evasiva. Puxe por ela.

Importa que ela mude a percepção que tem de si.
Faça-lhe ver que sempre fez o melhor que sabia e que tem o direito de ter medos e limites, como ela tem e como todos os seres humanos.

Faça-lhe ver que pode ser que a tenha desiludido ou decepcionado nalgumas situações, mas o que a fez sofrer, foi a sua percepção dos acontecimentos, e não os próprios acontecimentos.
Por isso é tão importante que ela não o(a) julgue precipitadamente e critique, que seja mais tolerante e flexível, que te aceite e se aproxime de si.

"Ao aceitares a tua mãe e a sua forma de te alimentar afectivamente, aprenderás a aceitar a mulher que há em ti e retomarás o gosto pela vida e pelos alimentos" .

Compreenda porque é tão importante passar mais tempo com a sua mãe, aproximar-se dela, expressar-lhe o quanto a ama, fazendo-a ver como gosta dela, e como ela é tão importante para si.

publicado por Luis Pereira às 15:09
tags:

02
Ago 12

Em baixo, vou descrever os bloqueios mentais e emocionais associados ao quadro de Mononucleose (que consta do livro - O Teu Corpo diz ama-te, de Lise Bourbeau, editora Pergaminho).


MONONUCLEOSE

Esta doença é muito frequente nos adolescentes que não se aceitam, e que "embirram" consigo próprios, por não conseguirem controlar as suas emoções.

Esta doença indica cólera vivida, porque há alguma coisa que não passa (daí a inflamação dos gânglios), que não pode engolir, que não aceita.
Alimenta pensamentos de revolta. Eles podem ser dirigidos contra ela ou contra outra pessoa.
Acredita firmemente que tem razão.Importa ser mais flexível e tolerante, e procurar aceitar os outros e os acontecimentos que não pode controlar.

Tem dificuldade em defender-se. Não ousa afirmar-se (talvez por isso ela não te disse mais cedo que não gostava do colégio e que queria sair).

Ter demasiado glóbulos brancos indica que a pessoa quer por demais superar-se, exige demasiado de si própria, porque não se aceita tal e qual como é.
Sente-se facilmente atacada.

Uma vez que a mononucleose afecta o baço, indica que a pessoa em causa cria preocupações demasiadas, vive demasiada inquietação, ao ponto de ficar obcecada (neste caso com a sua imagem perante os outros), o que bloqueia muito a alegria na sua vida (e no caso da Inês isso foi notório).
Deixa-se levar pelo desânimo. Sente um vazio, sente-se desmotivada.
Paradoxalmente, essa mesma pessoa pode rir "até lhe doer o baço".
Ri para o exterior, mas chora por dentro.

Mensagem: Com este problema, o seu corpo procura ajudá-la a retomar contacto com a sua força interior, e com a sua capacidade de enfrentar a vida com a alegria.
 Deve deixar de acreditar que a vida é um drama.
O baço tem por missão vigiar a integridade do sangue e combater infecções. Estando doente, informa que a pessoa tem a mesma missão de vigiar a integridade da sua vida e combater as influências externas.

O que lhe podes transmitir é o seguinte: "Deves permitir-te ter desejos e manifestá-los (se ela não queria estar em regime de semi-internato naquele colégio, poderia ter-te dito mais cedo, irias aceitar e não irias rejeitá-la por isso, e faz-lhe ver que ela tem o direito de discordar daquilo que os outros podem desejar para ela, nomeadamente a avó).
Tens tudo o que é necessário para o conseguir. Basta deixares de crer que não és bastante forte para te afirmares como és e aquilo que queres e desejas para ti.

A mensagem quer lhe podes transmitir é a seguinte:
"Já não é necessário continuares a acreditar que te deves exigir tanto, para que os outros saibam verdadeiramente quem és e, sobretudo, para te amarem tal como és. Lutar constantemente é muito fatigante. Recebes a mensagem importante de reveres a tua opinião sobre ti mesma e de acreditares no teu valor."




HEPATITE (uma vez que o fígado foi também afectado)

Os problemas de fígado manifestam-se quando a pessoa em causa se preocupa demasiado, se inquieta com o que se passa à sua volta. Tem dificuldade em digerir, em aceitar o que se passa (o processo de divórcio? / a separação dela de ti e do Pedro com o semi-internato).

Tem medo das consequências, de ter falta de alguma coisa, ou de alguém.

A dificuldade de ajustamento a uma nova situação, dificuldade em lidar com a mudança fá-la viver muita cólera e descontentamento.

Este problema é também indicação de sintomas depressivos, ainda que inconscientes, porque recalcados.
O fígado é o centro da cólera recalcada.
A pessoa sujeita a problemas de fígado frequentemente revela-se para o exterior como "alguém que não se choca com as situações".
Na verdade, sente-se indefesa, desarmada face às ofensas (o que se poderá ter passado no colégio com colegas, e funcionários e respectivas regras internas que ela pode não te ter contado, e que reprimiu?).

Está em desacordo com aqueles que se chocam (sobretudo os que perdem o controlo), pois faz um grande esforço para não perder o controlo das suas emoções.
Vive amargura e tristeza.

Como reteve por muito tempo a expressão da suas emoções, ao invés de ter uma crise de cólera e se libertar, atraiu um problema de fígado.

Mensagem que lhe podes transmitir: Ela deve procurar não ser tão crítica com os outros, e ser mais tolerante, uma vez que tem tendência para julgá-los e querer mudá-los (nomeadamente a ti).
"Cada cólera interior recalcada, é uma indicação que te esqueces de te colocar no lugar do outro e que queres ter sempre razão.
Deves dispôr de tempo para analisar bem o que se passa à tua volta, antes de tirares conclusões precipitadas. Dispões ainda, de todas as capacidades necessárias para te afirmares e expressares a tua vontade e para te defenderes.
publicado por Luis Pereira às 09:32

29
Fev 12

 

Terapia de Transformação e Harmonização Energética
O stresse quotidiano, os medos e problemas emocionais afectam a nossa vitalidade, o nosso equilíbrio físico, energético e emocional, acabando frequentemente por manifestar-se no corpo físico, sob a forma das mais variadas doenças.
Torna-se necessário libertar os bloqueios energéticos e emocionais que afectam o funcionamento dos nossos órgãos, sistemas e centros de energia (chakras), permitindo a livre circulação de energia de vida pelo corpo físico e corpos subtis, com o objectivo de recuperar a nossa saúde, bem-estar e o equilíbrio físico, energético, mental e emocional.
Esta terapia resulta de uma sistematização de uma série de técnicas de limpeza, canalização, transformação e harmonização energética que fui adquirindo ao longo do meu percurso, incluindo técnicas de Biorgonomia, Chamas Sagradas (Sacred Flames Reiki) e Prismologia.
A primeira parte da consulta consiste numa limpeza energética inicial, na qual são removidos detritos energéticos e energias negativas acopladas ao campo energético da pessoa em tratamento.
De seguida, e de acordo com o problema do paciente, aplicam-se  técnicas de transformação energética com base na Biorgonomia, seguida da invocação e canalização de Chamas Sagradas.
Os restantes tratamentos energéticos, incidem não só no corpo físico do paciente, mas também ao nível dos seus corpos subtis.
O objectivo essencial desta terapia é restabelecer o potencial de auto-cura do próprio paciente, através da consciencialização da necessidade de mudança de padrões de comportamento inadequados, quer através do trabalho energético, visando restabelecer o seu equilíbrio e harmonização a nível físico, mental, energético e emocional.
Trata-se de um tratamento multidimensional, sendo todo o trabalho energético assistido e conduzido com o auxílio de guias espirituais e seres de Luz.
Objectivos:
- Orientação emocional e espiritual;
- Transformação geral do padrão energético;
- Eliminação de bloqueios energéticos;
- Remoção de energias densas;
- Alinhamento de chakras;
- Alívio sintomático da dor física;
- Ajuda em processos de recuperação de doença;
- Cessar quadros de insónia;
- Induz relaxamento profundo;
- Subida de frequência vibratória;
Terapeuta: Luís Pereira
http://biorgonomia.blogs.sapo.pt
Duração: 2 horas
Preço: 45 euros

Marcações: 966877333

email: luisfper@gmail.com / espacodosgirassois@gmail.com

publicado por Luis Pereira às 14:45

20
Abr 11

O que é a Orgonite?

A orgonite é uma mistura simples de resina industrial e limalhas (ou aparas) de metal. Também é adicionado um cristal de quartzo para lhe dar uma força ainda maior.

 

A orgonite gera Orgone Positivo enquanto absorve e transforma Orgone Negativo em Orgone Positivo.

 

O que é o Orgone?

Wilhelm Reich, um psicólogo e médico austríaco, aluno de Sigmund Freud, descobriu nos anos 30 a existência do Orgone.

 

O orgone ou energia de vida existe em todo o lado.  Está na atmosfera, nos rios e no mar, na terra, nas plantas, nas pessoas e nos animais.

 

O Orgone Positivo é expansivo, feliz, brilhante, húmido e quente. É o mesmo que o Amor Incondicional, aquele amor que não julga, não precisa, não teme. Apenas é.

 

No outro lado da escala está o Orgone Negativo, que é rígido, contraído, tenebroso, seco e frio. Sem coração.

 

Como usar a Orgonite?

Coloque por baixo da sua cama para dormir melhor.

 

Fixe-a com fita-cola no cano da água para a reenergizar.

 

Coloque sobre ou perto dos electrodomésticos da casa, como o televisor ou o microondas.

 

Coloque num terreno de cultivo, ou mesmo num jardim, para que as suas plantas e flores cresçam mais viçosas e saudáveis.

 

No seu dia-a-dia use a leve consigo a orgonite, usando-a como pendente num fio ou simplesmente colocando-a num bolso das calças ou na sua mala. Assim terá sempre consigo uma fonte de boa energia, onde quer que vá.

 

Valor: 8 euros cada item.

 

Se desejar comprar um artigo em Orgonite, por favor entre em contacto comigo através do e-mail luisfper@gmail.com ou telemóvel 966877333. Obrigado!

 

orgonite

 

orgonite

 

orgonite

 orgonite

 

orgonite em forma de estrela com concha embutida

 

pendente de orgonite com concha embutida

 

publicado por Luis Pereira às 17:51

02
Fev 10

 

 

Num asmático, a traqueia que transporta o ar para dentro e para fora dos pulmões, encontra-se inflamada, e isso desencadeia dificuldade em respirar, com crises repetidas, geralmente associadas a respiração ruidosa e ofegante durante a expiração e variando de intensidade ao longo do dia.

 

Quais os sintomas frequentes da asma?

 

- Falta de ar (com agravamento durante a noite);

- Pieira (ou assobios);

- Tosse seca e irritativa;

- Aperto no peito.

 

Quando existe uma constrição física na traqueia e pulmões, simultaneamente o corpo energético e o corpo físico encontram-se de tal forma inter-relacionados, que aquilo que afecta um, afecta o outro e vice-versa.

 

Na Biorgonomia, as causas são na maioria de origem psicossomática. Uma pessoa que desenvolve asma, tem uma maior dificuldade em exprimir as suas emoções e opiniões, e no seu historial evolutivo, foi submetido a choques emocionais profundos. Controla e bloqueia em excesso a expressão das suas emoções, ao ponto de "quase sufocar".

 

Esta pessoa quer mostrar-se mais forte do que é ("esconder" a sua sensibilidade, porque o seu ego convence-a de que foi ela que a fez sofrer e passar por esses acontecimentos traumáticos) para ser amada.

 

Como tem uma maior necessidade de controlo, tem muitas vezes dificuldade em reconhecer os seus limites. Deseja controlar o fluxo dos acontecimentos, para que os mesmos decorram conforme planeou. Mas quando o seu corpo não suporta mais todo esse controlo/pressão e tensão auto-impostos, as crises ocorrem.

 

Por vezes, o asmático sente rejeição por parte dos pais ou de um deles, em criança, ou mesmo antes do nascimento. Este sentimento de rejeição causa bloqueios no sistema respiratório (medo de respirar), que se agrava com o corte do cordão umbilical (respiração forçada).

 

Estes traumas levam ao mau funcionamento da tiróide/paratiróides e causam dilatações/contracções na traqueia que dificultam a respiração.

 

O Sistema Nervoso Central, é geralmente afectado, exercendo um papel importante no desencadear das crises asmáticas. 

 

Quando o asmático se enerva ou tem um choque emocional, o seu sistema nervoso central activa um vírus em forma de grão de cereal, na região da garganta, causando inflamação e contracção da laringe.

 

No tratamento biorgonómico, para além de se trabalharem as causas dos bloqueios nos órgãos do sistema respiratório, trabalha-se também sobre os pontos de abertura e centrais de comando do sistema respiratório, e na medula óssea.

 

É, também, muito importante tratar todo o tipo de alergias, testando se as mesmas são de origem kármica ou genética.

 

Junto com o paciente, é igualmente necessário trabalhar os pensamentos-causa dos medos associados aos bloqueios do sistema respiratório, tais como:

 

- Medo de ser rejeitado;

- Medo de respirar;

- Medo de expressar emoções e opiniões;

- Medo de se expressar através da respiração;

- Medo de ser abandonado;

- Medo de ficar só;

- Medo de amar e ser amado;

- Medo de se amar a si próprio.

 

A mensagem principal a reter e a assimilar é a seguinte:

 

É já tempo de aceitares as tuas fraquezas e os teus limites, isto é, seres simplesmente um ser humano. Não tens de querer dominar e controlar tudo para seres importante e amado (Lise Bourbeau, O Teu Corpo Diz Ama-te, p.66).

, 

publicado por Luis Pereira às 16:34

12
Dez 09

A Biorgonomia e o Reiki são dois métodos diferentes de trabalhar com a energia vital, mas perfeitamente complementares.

 

A utilização combinada de ambas as técnicas num determinado tratamento, pode revelar-se bastante benéfica e eficaz, intensificando o impacto terapêutico desse mesmo tratamento energético.

 

O Reiki, por exemplo, pode ser usado muito eficazmente na harmonização de chakras, cicatrização de feridas, alívio sintomático de dores, etc.

 

Neste caso, o praticante é um canal de Luz que canaliza a energia divina (Rei) e vital (Ki) para vitalizar, energizar e equilibrar os chakras dos pacientes.

 

É-se um canal passivo de Luz pura, a qual é inteligente e flui no corpo do paciente para onde é mais necessária para restabelecer o seu equilíbrio físico, mental e emocional.

 

Na Biorgonomia, somos canais activos dessa mesma energia vital e divina. Activos, porque este método terapêutico baseia-se em técnicas de transmutação / transformação de padrões energéticos desequilibrados, e das causas de tudo o que  possa estar  a funcionar em desequilíbrio no organismo do paciente, anulando, assim, os sintomas de doenças e patologias, ao agir e transmutar os factores primordiais que as desencadearam.

 

Os primórdios das técnicas de transmutação actualmente utilizadas na Biorgonomia, remontam à Civilização Atlante e ao Antigo Egipto.

 

O Reiki utiliza como técnica de energização, a imposição das mãos, o corpo do paciente, quando realizado presencialmente.

 

Na Biorgonomia recorre-se a técnicas de transmutação energética, em que pode haver ou não, imposição das mãos, ou tratamentos mais cirúrgicos e localizados sob o campo energético dos diversos orgãos e sistemas do paciente.

 

As técnicas de Biorgonomia, procuram restabelecer o equilíbrio da saúde física, emocional, energética e espiritual de todas as pessoas, animais, plantas e, inclusive, dos seus orgãos e sistemas, através da sua reunião e harmonização com as respectivas energias complementares.

 

Essa é a técnica básica da Biorgonomia, através da qual se procede à transformação geral dos padrões energéticos em desequilíbrio.

 

Tudo o que se encontra desenergizado (em estado de vácuo) no paciente, é transformado e vitalizado, permitindo o livre fluxo de energia vital em todos os seus orgãos e sistemas, por intermédio da sua reunião com as respectivas energias complementares.

publicado por Luis Pereira às 11:04

28
Jul 09

O Dr. Michael Gershon, professor e director do Departamento de Anatomia e Biologia Celular na Escola de Medicina e Cirurgia da Universidade de Columbia (Nova Iorque) descobriu através das suas pesquisas, uma interessante rede de nervos na área do duodeno. Ele escreveu sobre essa descoberta no seu livro: O Segundo Cérebro publicado pela editora Harper Collins em 1998.


De acordo com a sua estrutura e neuroquímica, este sistema nervoso localizado no aparelho digestivo é considerado um cérebro com um funcionamento autónomo.


Ao longo dos intestinos localiza-se um complexo de circuitos electricos e microscópicos, mantido por neurotransmissores e neuromoduladores que não se encontram em mais nenhum órgão ao redor do aparelho digestivo. Este sistema nervoso (também denominado de sistema nervoso entérico) permite ao aparelho digestivo desempenhar muitas funções autónomas que não dependem das informações recebidas do sistema nervoso central.


Pesquisas acerca da autonomia e especificidade do sistema nervoso do aparelho digestivo começaram a ser realizadas no Séc.XIX.


Ao longo do tempo foram sendo realizadas investigações para compreender melhor as particulares características de funcionamento deste sistema nervoso.


Dr. Gershon explica no seu livro, como no aparelho digestivo, perto do duodeno, existe um sistema nervoso separado e autónomo, o qual actua como um cérebro-comando para o aparelho digestivo (cólon e recto, baço, vesícula biliar) e aparelho sexual.


Rafi Rozen denominou este cérebro de cérebro abdominal ou cérebro inferior, muito tempo antes do livro do Dr. Gershon ter sido lançado. Descobriu também a importância das emoções no funcionamento deste cérebro, e logo, de todo o aparelho digestivo, e como as emoções reprimidas prejudicam o correcto funcionamento dos intestinos, e de todo o aparelho digestivo.

publicado por Luis Pereira às 15:32

15
Jul 09

Mensagem recebida por e-mail:

 

Sofro de depressão há já algum tempo e nada me tem ajudado a tratar. Como pode a Biorgonomia ajudar-me?


Você sofre de depressão porque está em desconexão absoluta consigo própria, com as suas necessidades internas, com o seu Eu Interior.

 

Sente um vazio interno, uma angústia imensa.

 

Sente-se só, por mais que esteja rodeada de pessoas.

 

Sente que ninguém a compreende e tenta diariamente manter o seu equilíbrio interno sem, no entanto, o conseguir.

 

Na verdade, uma pessoa com depressão não conta com o Universo, não conta com os Seres de Luz, ela carrega o seu fardo sozinha. Essa pessoa está em estado de vácuo, o seu complementar energético não está no plano físico, portanto, ela sente-se desamparada e incompleta.

 

Sente que falta uma parte de si.

 

Muitos adolescentes não sabem lidar com essa angústia, com esse vazio e adoptam comportamentos auto-destrutivos, de toxicodependência, alcoolismo, etc., culminando, muitas vezes, no suicídio. Felizmente, isso não acontece com todas as pessoas.


É também nesse estado de vácuo que se desenvolvem todas as doenças auto-imunes e degenerativas (como o cancro), que, no fundo, são doenças de destruição progressiva do organismo. Há uma luta interna, o seu organismo tenta resistir, mas a nível emocional a pessoa fez uma outra escolha, ela escolheu reunir-se com o seu complementar energético que já não está no plano físico.

 

Felizmente, nem todas as pessoas desenvolvem essas doenças, mas há sempre um ponto em comum nas pessoas que se encontram em estado de vácuo, há sempre uma angústia permanente, um vazio, que nada exterior à própria pessoa, nem ninguém consegue preencher.


Muitas pessoas pensam que é casando, tendo filhos, tendo um bom emprego e uma boa casa que conseguem suplantar esse vazio mas, chegam depois à conclusão que o vazio ainda permanece.


Isto porque o complementar energético não está neste plano e torna-se importante que ambos estejam no mesmo plano, para haver equilíbrio.

 

É essa a função da Biorgonomia, é a de a conectar novamente com a sua verdadeira realidade e fazê-la, sobretudo, alcançar um estado de equilíbrio interno, de maneira a que o próprio organismo se possa auto-curar.

publicado por Luis Pereira às 17:53

11
Fev 09

Escute a 2ª parte da palestra sobre Biorgonomia, que teve lugar no Espaço dos Girassóis, na Amadora, no dia 24 de Janeiro. Para ouvir o ficheiro mp3, basta clicar no botão de play.

 

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA
publicado por Luis Pereira às 16:11


pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28


tags

afirmações positivas(1)

anorexia(1)

ansiedade(1)

anulação de traumas(1)

aparelho digestivo(1)

asma(1)

auto-consciência(1)

auto-cura(1)

barreiras energéticas(1)

benefícios(1)

biorgonomia(10)

bloqueios cármicos(1)

bloqueios energéticos(2)

campos de energia(1)

campos energéticos(1)

canais energéticos(1)

causas da doença(2)

cérebro abdominal(1)

cérebro inferior(1)

cicatrização de feridas(1)

condutores de energia vital(1)

constrição física(1)

consulta(2)

cura(3)

cursos(1)

densidade emocional(1)

dependência energética(1)

depressão(1)

diagnóstico(1)

diferenças entre reiki e biorgonomia(1)

dificuldade em respirar(1)

doenças(5)

doenças respiratórias(1)

duodeno(1)

emoções não resolvidas(1)

energia de vácuo(1)

energia de vida(3)

energia orgone(2)

energia vital(1)

equilibrio emocional(2)

equilíbrio físico(1)

equilibrio físico(1)

equilibrio mental(1)

falta de ar(1)

feridas(1)

fobias(1)

gravação(2)

harmonização de chakras(1)

hepatite(1)

herança genética(1)

hereditariedade(1)

intestinos(1)

karma(1)

lesões(1)

ligações kármicas(1)

limpeza de energia genética(1)

medos(4)

mononucleose(1)

nó kármico(1)

orgonite(1)

padrão energético(1)

palestra(2)

patologias(3)

peças de orgonite para venda(1)

perguntas frequentes(1)

rafi rosen(1)

saúde(2)

sistema digestivo(1)

sistema nervoso(1)

técnica do pestanejar(1)

terapia(4)

terapia alternativa(1)

terapia energética(3)

terapias complementares(1)

tratamento(6)

tratamento energético(2)

traumas(3)

traumas emocionais(1)

vidas passadas(1)

wilhelm reich(1)

todas as tags

arquivos
2014

2013

2012

2011

2010

2009

Olá, chamo-me LUIS PEREIRA. Seja benvindo(a)!
PARA MARCAÇÃO DE CONSULTAS E CURSOS

LOCAIS DE ATENDIMENTO

ESPAÇO DOS GIRASSÓIS Av. Combat. da Grande Guerra, 33-r/c Dto. AMADORA

tlm: 966435592 E-mail: espacodosgirassois@gmail.com

o meu cv
cv luis
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO